13 setembro 2007

O carteiro engraçadinho


Tocam à campainha, vou ao intercomunicador, é o carteiro, penso eu, para ele estar a tocar é porque é uma carta registada, só pode ser o IRS, vou ao portão, assim que recebo a carta vejo que é da P.S.P. penso eu , mau, já vem aí prenda, quando abro, era uma multa que a minha querida esposa apanhou em Dezembro do ano passado, agradeço com um sorriso amarelo ao carteiro e vi na cara dele que estava a pensar “ bem feito”.
Aqui convêm contar uma cena que se passou à uns tempos com este mesmo carteiro, dei-lhe uma piçada por andar com a mota em cima do passeio e que podia apanhar algum miúdo que fosse a sair do portão de repente, ele engoliu e disse que andava com cuidado.
Agora haviam de o ver a dar-me a carta da P.S.P. com uma cara de satisfação e eu tive de engolir em seco e agradecer, e adeus e boa tarde.
Chego cá dentro e a minha filha pergunta-me o que era pai? Respondo eu- que era uma multa que a mãe tinha apanhado, pergunta ela - e ela agora ta presa??
Respondo eu que não, mas porque? Ao que ela responde é que os polícias prendem, penso eu – podiam era prender carteiros com cara de gozo, isso sim.

4 comentários:

Vânia Sofia disse...

Também eu à uns meses atrás recebi uma da GNR. Quase chorei enquanto pagava aqueles 30 euros.

Susana disse...

Davas-lhe um murro à Scolari e pronto...
Pagar a multa tudo bem, mas cara de gozo de carteiro, isso não!

Beijo

Miudaaa disse...

Grrr...Grrr... para o carteirooo!!!

Beijo de miudaaa!!!

Já passou, não Já???

Cleia disse...

MULTA?!? Da baixinha?!? QuÊ, excesso de velocidade, não?!?!?!?
Hahahahhhhaaaaa Bjs