11 outubro 2007

Passarelle

O julgamento do caso Passerelle foi adiado. Gostei de ver Vítor trindade, dono dessas casas puras e cumpridoras a dizer que não fez nada de mal e que a única coisa que fez foi fazer castings ás meninas, e que se elas fossem dignas, ao fim de 6 meses, dava entrada do processo para as legalizar, e que desconhecia que contratar bailarinas para actuar em Portugal era crime, pois e eu acredito no pai natal. E o julgamento foi adiado porque? Não tinham um interprete de brasileiro para português? Ou algum dos arguidos teve que ir buscar umas brasileiras ao aeroporto e atrasou-se??

2 comentários:

Susana disse...

Cá para mim tinham um casting marcado para aquela hora e há que rever prioridades! Veremos...

Um beijo

Cátia disse...

aposto mais na segunda lool