13 outubro 2007

6 anos de casado


Ora este sábado eu e a baixinha fazemos 6 anos de calvário quer dizer casamento, e aproveito esta vasta janela para o mundo, para prestar a minha homenagem à minha querida esposa,( não ,não quero nada fora do comum porque já não vamos para novos e coisas muito elaboradas já me cansam, mas pronto fico aberto a qualquer proposta de ti amor) voltando à homenagem, quero com isto dizer que se não fosse ela, não sei o que seria de mim ( pensam alguns de vocês, principalmente aqueles amigos divorciados que era mais um amigo de copos ,ah que ricos tempos ) mas queria deixar aqui , que gosto muito da minha baixinha, embora ás vezes não o demonstre , não sei porquê , se calhar por algumas experiências do passado mas resolvidas, mas que ela não tem culpa nenhuma. É a minha melhor amiga, que cuida de mim, que atura ás vezes, muito esporadicamente, vá quase nunca, o meu mau feitio. Que se preocupa comigo, que sabe sempre onde esta tudo em casa, (não sei como é que ela consegue), mas que me faz feliz.
Só queria dizer mais uma coisa aos meus tais amigos divorciados, depois deste texto, comecem a pensar onde vamos, porque ela vai deixar-me ir de certeza.
Acho que o passarelle já reabriu, vejam lá isso.

5 comentários:

SRC disse...

Não consegues fazer melhor??? Isto é uma homenagem mto ás 3 pancadas... Oh rapaz esforça-te lá mais um bocadinho vá! E que tal seres tu hoje a preparar um belo jantar romântico? E ofereceres um ramo de flores bem bonito, hã?!? Vá aplica-te mais um bocadinho que tenho a certeza que ela merece! E parabéns aos dois! :)

Vânia Sofia disse...

Parabéns aos dois. Pois aconselho a esposa também a ir à passerelle dos Homens no Jardim Constantino em Lisboa. Já lá fui várias vezes e vale bem a pena!
;-)

MC disse...

6 anos - bodas de perfume ou açúcar! Nos tempos que correm já é feito!
Parabéns a ambos!
Marta Cristina
http://pitukicesdamama.blogspot.com
http://pitukinhoepitukices.blogspot.com

Cátia disse...

Parabéns! Que chegue aos 75!

Susana disse...

O meu avô e a minha avó fizeram 57 anos de casados e ele nunca pisou no passarelle sem deixar de fazer belas homenagens. Já não se fazem homens como os de antigamente. ;) Felicidades.

Beijinhos