20 janeiro 2009

Socrates apalpa-me as mamas...

Vi á pouco tempo Sócrates fazer um discurso:


- Portuguesas e Portugueses, aproximam-se tempos difíceis. É preciso poupar mais e gastar menos.
- Apalpa-me as mamas - grita uma mulher ao meu lado no meio da multidão.
-Temos que cumprir a meta do défice.
- Apalpa-me as mamas - grita a mulher.
- É preciso aumentar os impostos, é preciso trabalhar mais horas.
- Apalpa-me as mamas - grita mais uma vez a mulher.
- Os próximos anos vão ser anos difíceis, pelo menos até às eleições....
- Apalpa-me as mamas.
Fiquei intrigado e perguntei-lhe:
- Então de cada vez que o 1º Ministro Sócrates fala a sra. grita apalpa-me as mamas, apalpa-me as mamas, porquê?
- É que eu gosto que me apalpem as mamas enquanto me fodem...!!!...

1 comentário:

Jo disse...

LOL gosto de ver que o teu humor esta de volta :D